Abrir
Notícias
13Jul
Contadores de sete cooperativas participam treinamento na CERRP
ImagemContadores de sete cooperativas participam de treinamento no auditório da CERRP

 Representantes da área contábil de sete cooperativas de eletrificação rural estiveram reunidos, durante a semana retrasada, no auditório da CERRP (Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento da Região de São José do Rio Preto) para receberem treinamento sobre a aplicação das novas normas contábeis para as cooperativas.

O contador da CERRP, Laudemir Almeida de Moraes, o Aladim, como é conhecido entre os colegas, explica que desde 2014 entrou em vigor nova norma de uso obrigatório para as cooperativas. A nova norma estabelece uma série de critérios e procedimentos específicos de registro das variações patrimoniais e de estrutura das demonstrações contábeis, de avaliação e informações mínimas a serem incluídas em notas explicativas.

As determinações se aplicam a todo tipo de cooperativa, em tudo aquilo em que não for conflitante com as determinações de órgãos reguladores, como o Banco Central, da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica)  e da ANTT (Agência nacional de Transportes Terretres). A escrituração contábil digital é obrigatória e deve ser realizada de forma segregada em ato cooperativo e não cooperativo, por atividade, produto ou serviço.

Os saldos de estoque, contas a receber e contas a pagar decorrentes das operações realizadas com os associados devem ser apresentados em contas individualizadas que os identifiquem, podem ser utilizados registros auxiliares. Os valores a restituir aos associados demitidos, eliminados e excluídos devem ser transferidos para contas passivas.

Treinamento

O treinamento foi ministrado por técnicos da Useall Software, empresa que desenvolveu o sistema para a integração nas diversas áreas da organização das cooperativas do sistema de distribuição de energia elétrica.

O treinamento teve apoio e patrocínio do Sescoop/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo), órgão do chamado Sistema “S”, que atua na formação profissional, promoção social e monitoramento das cooperativas. Só no Estado de São Paulo são mais de 900 cooperativas registradas em dez diferentes ramos econômicos. No total, elas reúnem 3,3 milhões de cooperados e contam com mais de 48 mil empregados.