Abrir
Notícias
03Dez
Dias 6 e 7 de dezembro acontece em Bauru o Fórum Técnico para as cooperativas de eletrificação
Imagem

Como atender as exigências da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) de forma eficaz. Esse é um dos temas que será debatido no Fórum Técnico de Infraestrutura e Eletrificação promovido pelo Secoosp (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo), que acontece nos dias 6 (quinta) e 7 (sexta-feira) de dezembro, em Bauru.

 O presidente da CERRP (Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento da Região de São José do Rio Preto), Odair Milhossi, estará presente no evento, acompanhado do engenheiro do Jhonas Garcia Pedroza e do gerente administrativo Nivaldo Aparecido Cangini. “A inovação é a energia do futuro”, afirma Milhossi, acrescentando que é importante os diretores e colaboradores estarem sempre se atualizando e reciclando conhecimentos.

 As cooperativas que fornecem energia para o desenvolvimento de diversas localidades são reconhecidas pela qualidade na prestação de serviços aos cooperados. Além de atuarem em um mercado altamente regulado e dominado por gigantes do setor, essas cooperativas são cada vez mais desafiadas à busca pela inovação nos negócios, visando a ampliação da base e à diversificação da oferta de produtos e serviços.

 Para construir novos caminhos e possibilidades para inovar e, ao mesmo tempo, atuar em um ambiente de regulação, os dirigentes dessas cooperativas estarão reunidos em Bauru para o Fórum técnico promovido pelo Sescoop. Durante o evento também serão debatidos temas como a regulação e resoluções da ANEEL, a diversificação de produtos, inovações e planos de ações para 2019.

 Cooperativismo

O cooperativismo tem concretizado o sonho de muitas pessoas que se unem para criar um empreendimento e conquistar melhores condições econômicas e sociais. Cooperativismo é a economia que faz o mundo melhor.

 Atualmente no Brasil são cerca de 1.000 cooperativas com 2,7 milhões de cooperados nos ramos agropecuário, consumo, crédito, educacional, habitacional, infraestrutura, produção, saúde, trabalho e transporte.